terça-feira, junho 13, 2006

Fantasma

Acordei pelo sopro da tua presença. Partilhamos o café da manhã em silêncio. Dividimos as migalhas que das torradas sobraram. Em silêncio, começamos um dia igual a tantos outros. Há muito que não me visitavas...

posted by In perfeita @ 4:46 da tarde 

|