domingo, maio 21, 2006

Pensamento

"Nightswimming, remembering that night
September's coming soon
I'm pining for the moon
And what if there were two
Side by side in orbit
Around the fairest sun?
That bright, tight forever drum
Could not describe nightswimming"

Nightswimming, R.E.M.


Hoje, esta música fez me pensar... Não ha palavras que descrevam o turbilhao de ideias que aqui se instalou...

"Nightswimming... deserves a quiet night.."


And what do I deserve...?

E pus me a pensar....

posted by In perfeita @ 8:59 da tarde 

|

domingo, maio 14, 2006

Antídoto

"Como o sangue, corremos dentro dos corpos no momento em que abismos os puxam e devoram. Atravessamos cada ramo das árvores interiores que crescem do peito e se estendem pelos braços, pelas pernas, pelos olhares. As raízes agarram-se ao coração e nós cobrimos cada dedo fino dessas raízes que se fecham e apertam e esmagam essa pedra de fogo. Como sangue, somos lágrimas. Como sangue, existimos dentro dos gestos. As palavras são, tantas vezes, feitas daquilo que significamos. E somos o vento, os caminhos do vento sobre os rostos. O vento dentro da escuridão como o único objecto que pode ser tocado. Debaixo da pele, envolvemos as memórias, as ideias, a esperança e o desencanto."

Antídoto, José Luís Peixoto

posted by In perfeita @ 6:45 da tarde 

|

sábado, maio 13, 2006

Paradoxo

Procuro .... Algo que me faça seguir em frente. Saltito entre as nuvens que teimam em aparecer. Aprisiono a brisa que me revolve as madeixas. Um dia igual a tantos outros, algo insípido e inodoro. Olhando a janela, relembro as traquinices de criança, as gargalhadas soltas, de saltar riachos descalça, sem medos ou timidez. A idade e o reveses da Vida tornam-nos diferentes, mais sisudos e cautelosos...As aspirações tornam-se diferentes, deixamos de trocar sonhos ireais por outros mais inalcançaveis...Limitamos-nos a substituí-los por um tanto quanto de mágoa e frustação.
Tenho pena...Gostava mais de quando não era assim!
Nada fazia sentido e tudo tinha significado. E agora? Continua tudo a não fazer sentido mas teimo em atribuir-lhe significado.Grande Paradoxo.

What can I expect from life?

posted by In perfeita @ 1:34 da tarde 

|

Sound of the silence

Reencontro o silêncio de outrora.
Há muito que não sentia este burburinho de nada se ouvir, de nada dizer. Procurei lembranças do passado, colhi alegrias perdidas, distribui os sorrisos que tanto gosto.
Tenho vivido à parte do mim e do Mundo..
E hoje tropecei em mim!

Enjoying the sound of the silence!

posted by In perfeita @ 12:52 da manhã 

|