quarta-feira, dezembro 29, 2004

Há dias

"Há dias em que julgamos
que todo o lixo do mundo
nos cai em cima
depois
ao chegarmos à varanda avistamos
as crianças correndo no molhe
enquanto cantam
não lhes sei o nome
uma ou outra parece-me comigo
quero eu dizer :
com o que fui
quando cheguei a ser luminosa
presença da graça
ou da alegria
um sorriso abre-se então
num verão antigo
e dura
dura ainda. "


Eugénio de Andrade, in Os lugares de Lume


Para ti...

posted by In perfeita @ 8:38 da tarde 

|

quarta-feira, dezembro 22, 2004

Feliz Natal

Um Santo Natal rodeado daqueles que vos são mais queridos!

Beijinhos

e

FELIZ NATAL!!!


posted by In perfeita @ 10:12 da tarde 

|

domingo, dezembro 19, 2004

Sunday Morning

Antibes 1888, Claude Monet



"Sunday morning, praise the dawning
It’s just a restless feeling by my side
Early dawning, sunday morning
It’s just the wasted years so close behind

Watch out, the world’s behind you
There’s always someone around you who will call
It’s nothing at all

Sunday morning and I’m falling
I’ve got a feeling I don’t want to know
Early dawning, sunday morning
It’s all the streets you crossed, not so long ago

Watch out, the world’s behind you
There’s always someone around you who will call
It’s nothing at all

Watch out, the world’s behind you
There’s always someone around you who will call
It’s nothing at all

Sunday morning
Sunday morning
Sunday morning "

Sunday morning, The Velvet Underground & Nico

posted by In perfeita @ 11:10 da tarde 

|

sexta-feira, dezembro 17, 2004

Há muito que...

Há muito que não dormia o sono dos justos.
Calmo, sereno e pacífico.
Hoje o acordar teve outro sabor.
Não me lembro se sonhei com algo. Talvez sonhasse, no entanto, o facto de nao existir algo memoravel torna o meu acordar sereno. Antecipei-me ao despertador e, ladina, esperei pelo ultimo segundo antes do seu toque e evitei que se esforçasse em vão.
Sinto que hoje vai ser um dia perfeito, no qual tudo teria um sentido concreto uma finalidade. Gosto do acordar suave e deliciar-me com esta transição entre os dois locais por onde vagueamos, o mundo dos sonho e o mundo em que lutamos por eles. O abrir os olhos ainda no escuro e permite-me ter a percepção da essência das coisas, permite-me senti-las.
Sabe-me bem o calor duma cama quente.
Relembra-me a ternura do despertar nos braços da pessoa amada, daquele momento mágico onde as palavras não se dizem. Sentem-se. Uma união de almas perfeita apenas maculada pelo som das respirações assincronas, pausadas.
Engraçado…
Apesar de sozinha, hoje acordei assim…

posted by In perfeita @ 1:23 da manhã 

|

segunda-feira, dezembro 13, 2004

Obrigada!!!


Stiller Winkel im Garten von Montgeron, Claude Monet

Um obrigada pelos agradaveis momentos do jantar !!!!

Dedicado aos novos companheiros

Formiguinha, Pinguim, Leo, Siri, Luna, Zé, Wolfie, Godzec, Jorge, Filipe e Hugo

posted by In perfeita @ 10:11 da tarde 

|

quarta-feira, dezembro 08, 2004

DesNORTEada

"Volto as costas ao vazio
procuro o vento frio
o caruncho pode desfrutar
do meu velho sofá
deixo as manchas de café
o candeeiro de pé
vou em busca do meu Norte

Levo imagens que sonhei
tesouros que roubei
a famosa gabardine azul
tem mais alguns rasgões
levo as horas que perdi
o espelho a quem menti
sigo em direcção ao Norte

Quantos pontos cardeais
ficarão no cais da solidão?
Quantos barcos irão naufragar,
quantos irão encalhar na pequenez
da tripulação?

Deixo os dias sempre iguais
os mundos virtuais
deixo a civilização que herdei
colher o que plantou
abandono o carrossel
a Torre de Babel
deitei fora o passaporte

Confio às constelações
as minhas convicções
quebro o gelo que se atravessar
no rumo que eu escolhi
o astrolábio que há em mim
vai respirar enfim
hei-de alcançar o meu Norte"

Norte (o meu),
Jorge Palma

Também hei-de alcançar o meu....
Entretanto, os dias frios fazem-me sentir algo
Desnorteada...

posted by In perfeita @ 1:12 da manhã 

|